Vai viajar para a Europa? Saiba porque você deve contratar um seguro viagem

Mulher olhando placas no aeroporto

O sonho de muitos brasileiros é conhecer a Europa. Com seus países cheios de charme, cultura e inúmeros lugares turísticos para visitar, o continente garante em cada um deles uma experiência única e memorável.

Aliás, é possível viajar para lá sem gastar muito, basta se programar com antecedência e escolher os lugares com menor custo total, que vão desde passagens, alimentação e hospedagem, até outros passeios na região. Veja uma breve lista com os países europeus mais baratos para se viajar:

  • Tallinn, Estônia
  • Praga, república Tcheca
  • Budapeste, Hungria
  • Cracóvia, Polônia
  • Porto, Portugal
  • Istambul, Turquia
  • Sevilha, Espanha

Castelos, montanhas, arquitetura inigualável e natureza estonteante. Motivos não faltam para colocar a Europa na lista de destinos de viagem internacional preferidos dos turistas.

Mas, você sabia que ter um seguro viagem é item obrigatório a entrada na maioria dos países europeus? Sim, é verdade. E ele possui algumas particularidades em relação ao seguro exigido nas demais viagens internacionais. Saiba agora o que é preciso para contratar um seguro viagem para a Europa e os principais pontos a observar no ato da contratação.

POR QUE EU DEVO CONTRATAR UM SEGURO VIAGEM PARA VISITAR A EUROPA?

Você juntou dinheiro, se programou, fez planos, arrumou as malas e está pronto para viajar. Nada pode estragar esse momento, não é verdade? Mas, o que acontece é que imprevistos podem ocorrer com qualquer pessoa, seja em voos domésticos ou internacionais, e estar prevenido por meio de um seguro viagem é essencial para que nada abale essa experiência.

Desde que foi homologado o Acordo de Schengen, tornou-se obrigatória a contratação de seguro viagem para a obtenção do visto de entrada nos países membro. Você já ouviu falar que o visto europeu possibilita visitar praticamente todos os países do continente sem a necessidade de novas autorizações? É graças a este acordo.

No entanto, este acordo também determina que para a entrada e livre circulação dos visitantes, é indispensável a contratação de um seguro viagem de, no mínimo, € 30 mil. O principal objetivo desde valor é assegurar que os visitantes tenham meios de arcar com possíveis despesas médicas no país.

Vale lembrar que, apesar de serem a maioria, não são todos os países europeus que fazem parte do acordo, bem como, nem todos possuem regras iguais entre si. Com isso, vale a pena pesquisar as determinações e normas particulares dos principais locais que pretende visitar.

Segundo a Assistente de Viagem, o certificado deste seguro, também chamado de apólice, é o documento que o turista brasileiro deve apresentar a imigração do país no qual esteja ingressando, caso seja solicitado. Ao contrário do que dizem, não existe carta ou certificado de Schengen, isso é um mito.

Para que o seguro seja válido em toda a Europa, basta que, além da cobertura mínima de € 30 mil, ele possua cobertura para acidentes, enfermidades e repatriação.

Pode acontecer, sim, de você ser barrado na imigração caso o fiscal te solicite este documento e você não o tenha em mãos. Portanto, vale a pena investir em um seguro. Esteja certo de que o seguro comtempla as principais coberturas das quais você pode precisar e viaje tranquilo.

A arte de manter conversa com uma mulher

A arte de manter conversa com uma mulher

Homem e Mulher Flertando no restaurante

Vejo muitos novatos com problemas em manter uma conversa com uma mulher. Mas este não é um artigo dizendo exatamente o que você deve falar para uma mulher. Este artigo consiste em técnicas as quais você irá conseguir extrair com precisão o que conversar com uma mulher e tornar sua conversa realmente interessante.

Essas dicas podem ser usadas em qualquer lugar, msn, sms, telefone e pessoalmente, pois pode-se mexer com as emoções dela a qualquer hora e qualquer momento.

OBS 1: dicas apenas para conversar a sós com a mulher.

OBS 2: não é nenhuma bíblia sagrada, estou apenas compartilhando um talento que tenho naturalmente, bem antes de conhecer o a arte da sedução, que é o conforto, tanto é que se eu for relatar cada mulher a qual eu realmente converso, 98% dos casos rola um reencontro e digamos que a cada 10 mulheres 7 ficam encantadas e me procuram.

1º Dica: Estimule as emoções dela

– Segundo Erik von Markovik, devemos sempre mexer com as emoções da mulher.

– Quando se trata de sedução, não podemos fugir da natureza, ou seja, mulheres gostam de falar, você só precisa ouvir e estimular ela emocionalmente.

– Fale sempre de coisas boas, eu mesmo adoro fazer mulheres tristes sorrirem e começar a falar sobre coisas boas, se vocês tivessem noção do quanto o fato de você mudar o humor dela meche com ela, vocês iriam amar fazer isso.

Ok Mukeka mas como eu descubro sobre o que falar?

Simples, partindo do principio que você também procura alguém legal, certamente essa pessoa legal não vive enjaulada em casa certo? Logo essa pessoa já fez no mínimo uma viajem, ou uma festa com a turma, ou uma balada diferente ou qualquer outra coisa inusitada e/ou engraçada. Cabe a você fazer ela relembrar os bons momentos da vida dela, mulheres tem passado, mulheres tem historias para contar, por mais que você ache idiota o que ela fala, deixe ela falar, estimule isso nela, faça ela se sentir feliz ao seu lado e ao te contar essas historias.

2º Dica: Não babe o ovo dela, seja você mesmo saiba discordar dela

– Antes de tudo, pelo amor de deus, não brigue com a mulher só por que ela gosta de Justin Bieber e você não ok?

– Mulheres gostam de caras firmes, caras que tem a sua opinião formada.

– Porem você tem que saber lidar com isso, você tem que ser aberto a ser contrariado e manter muita calma nessa hora. Me lembro quando falei que achava o Slash o melhor guitarrista e ela riu bem na minha cara falando que era o Dj Ashba; Eu queria arrancar os ouvidos dela com o meu dedão do pé.

– Com o tempo você aprende a arte de discordar dela e quem sabe até mudar a opinião dela.

– Você tem que ser firme no que diz e caso o assunto não tenha rendimento parta para outro.

3º Dica: Fique atento nos laços que ela deixa

– Primeiramente, que diabos são esses laços Mukeka?

– Durante uma conversa a mulher deixa subconscientemente laços de conversas abertos, e com o tempo você aprende a calibrar isso e usa-los depois, fazendo assim com que a conversa nunca morra e o silencio não tome conta.

– Sabendo usar os laços você controla a conversa afinal de contas você irá escolher os laços que usar, minhas conversas quase sempre acabam sendo sobre sexo, eu fazia isso naturalmente até começar a estudar a arte da sedução e ter um controle maior sobre isso.

Exemplos de laços 1:

Mukeka: eu acordava cedo para pegar o sol nascendo na praia ( mulher interrompe)
Mulher: ah nem me fala em praia (laço)
Mukeka: acordava por que adorava pegar onda e com o sol nascendo era tudo perfeito.
E a conversa continua…

Agora vamos analisar a conversa acima:

Repare que estou demonstrando uma demonstração de valor, pois minha vida é uma aventura, eu amo a natureza, e não sou um vagabundo que dorme até tarde.

Agora repare o laço que ela deixou:

Em algum momento o que eu falei tocou em um sentimento dela que teve algo marcante ao ponto da emoção fazê-la com que tivesse um pico de emoção fazendo assim ela falar do nada e inconscientemente, sem pensar.

Você pode usar esse laço puxando assunto sobre praia, sobre verão sobre ferias ou qualquer coisa relacionada a isso, e assim acontece a magica da conversa não morrer.

Exemplo de laços 2:

Aqui eu forço um laço dela no meio de uma conversa que tenha a ver com politica religião ou futebol.

Mukeka: ok não vamos falar sobre politica, nem religião, nem futebol e nem de sexo…Mulher: por que não vamos falar sobre sexo? (Laço forçado)
Mukeka: porque não é o momento…
E continua com um assunto diferente ou termina o mesmo…

Agora analisando o laço forçado

Eu me coloco na posição de não necessitado, e eu não preciso de sexo, qualquer outro iria falar com entusiasmo sobre o assunto, então você não precisa de sexo por que você tem sempre que quer. Você também se coloca na posição de líder pelo fato de controlar a conversa e decidir o que vai ser falado ou não.

OBS: faça isso apenas com assuntos polêmicos, e não com assuntos que você não gosta, afinal se você não gosta pode ser que a mulher goste mais que tudo na vida e o foco aqui é ela e não você.

O lado dela:

Ela foi pega de surpresa, em toda sua interação com ela, ela sempre fica com o pé atras por que ela acha que o cara só quer comer ela e largar fora, e aqui você mechou com uma emoção dela, talvez a mais forte, a curiosidade.

A partir daqui ela vai começar praticamente a implorar pra você falar sobre sexo e é aqui que você vê que tá tomando o controle da conversa.

OBS: nem sempre funciona mas é uma boa tentar.

E por fim você pode usar o laço para falar sobre sexo, e ela vai estar mais receptiva a conversar com você naturalmente sobre esse assunto.

4º Dica: Modo de Falar

– Fale sempre de forma CALMA, MAS COM CALMA MESMO.

– Como eu já havia citado, mulher gosta de falar pra caramba, porém quando você treina sua voz para falar de um modo diferente quando estiver conversando somente com ela, ela fica mais encantada ainda.

– Quando você está em um grupo você fala de uma forma diferente da que quando você fala somente com ela

– Em um grupo você fala mais com energia e entusiasmo

– Com ela você fala com mais calma e segurança

5º Dica: Deixe ela falar mais do que você

– Isso mesmo

– Se você souber fazer bem esse joguinho de laços, ela vai falar muito mais que você, e você se torna um cara interessante, e com um “bom papo” sem esforço nenhum, apenas deixando ela falar. \o/ I LOVE THIS

– O incrível disso é que ela conta praticamente toda a vida dela pra você e ela cria uma confiança em você MUITO incrível, pois ela está falando com a emoção e não com a razão.

– A regra que eu criei é para cada 1 historia que eu contar, ela me conta 3 historias, mesmo que seja curta mas tudo com um alto nível de emoção.

– Galera isso aqui não é uma bíblia por favor não vão forçar ela a contar historias sendo que as suas não foram boas o suficiente

OBS: quando você falar, realmente tem que ser com emoção, firmeza e tudo aqui que um homem de atitude tem, assim você se torna algo interessante, e quando você parar para falar ela vai escutar com o dobro de atenção.

6º Dica: A dica sagrada do tio Mukeka

– Ok ja vimos como, onde e porque, e oque falta? Sobre o que falar?

– Simples, fale sempre sobre suas qualidades, fale algo que demonstre valor superior. (calibre isso para não falar se achando, fale como se você achasse aquilo muito comum e que ocorre com frequência, assim você faz com que ela sinta você naturalmente interessante)

– Fale sobre aventuras, viagens, coisas engraçadas que você fez, sei la, fale sobre você, que ela vai falar sobre ela.

– Sempre fale primeiro para depois ela falar dela, quando você dá o primeiro passo ela fica mais confortável em dar o próximo.

Fonte: Estilo Cafajeste

Mitos e verdades sobre o acúmulo de gordura na barriga

Mulher maga dentro de uma calça jeans maior

Todo mundo conhece uma receita para emagrecer e perder a barriga.

Apelar para cintas compressoras, roupas que estimulem o suor na região da cintura e equipamentos específicos para fazer abdominais são algumas medidas recomendadas por aí. Mas será que elas surtem efeito?

Para tirar a dúvida, especialistas no assunto contam, a seguir, o que é mito ou verdade.

1 – Exercícios abdominais diminuem a gordura e a flacidez

Mito. Se a barriga proeminente for fruto de flacidez, o exercício abdominal faz o músculo voltar à posição anatômica normal e o volume diminui. Agora, se a barriga for causada por excesso de gordura, o abdominal não vai adiantar. O gasto calórico nos exercícios abdominais é pequeno, por isso não exerce grande influência no emagrecimento.

2 – Vinagre de maçã ajuda a diminuir a gordura e afinar a silhueta

Mito. Segundo o endocrinologista Marcio Mancini, do Hospital das Clínicas de São Paulo e da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem), nehum tipo de vinagre ajuda a diminuir a gordura. O mesmo vale para o suco de limão.

3 – A Caralluma Fimbriata e outros produtos vendidos para emagrecimento possibilitam a perda de peso sem regime

Mito. Mancini avisa que a Caralluma não é remédio, mas um suplemento alimentar que nem possuía registro na Anvisa e estava sendo vendido ilegalmente no Brasil. Ele explica que outros remédios existentes no mercado tentam, de alguma forma, ajudar a controlar os hábitos alimentares, ou a eliminar parte da gordura ingerida (sem deixar que seja absorvida). De acordo com o médico, eles auxiliam, mas não resolvem o problema sozinhos.

4 – É possível perder gordura numa parte específica do corpo com exercícios localizados.

Mito. Exercícios localizados utilizam gordura fornecida pela corrente sanguínea e não pelo tecido adiposo da região que está sendo trabalhada. O que é possível com esse tipo de exercícios é fortalecer a musculatura da área treinada. Com a musculatura tonificada, a região fica mais “durinha”, o que pode melhorar a aparência. Segundo Mancini, se a pessoa vai emagrecer mais no abdômen ou nas coxas, isso vai depender da predisposição genética de cada um.

5 – É possível perder gordura só na barriga

Mito. Mancini explica que as pessoas primeiro engordam na periferia do corpo (embaixo da pele, nos membros, nádegas, quadris), mas elas têm uma capacidade determinada geneticamente para ganhar peso nessas regiões. Depois que as células gordurosas da periferia ficam repletas, começa a ser armazenada gordura no abdômen, tanto embaixo da pele como profundamente, nos vasos e nos órgãos.

Algumas pessoas praticamente não ganham peso na periferia (em geral homens de pernas finas, que quando engordam ganham peso no abdômen) e outras podem ganhar muito peso na periferia (em geral mulheres de quadris e coxas avantajados, que não engordam muito no abdômen). Para emagrecer, o processo é o mesmo.

6 – A caminhada é melhor que a corrida para queimar barriga

Mito. Mancini comenta que caminhar é ótimo, mas evidentemente correr aumenta mais o gasto calórico do que andar. A corrida é um exercício mais intenso que a caminhada e por isso causa um maior gasto calórico e consequente emagrecimento.

É claro que tudo depende de quem está praticando. Para os mais sedentários, com menor condicionamento físico, a corrida pode ser um exercício intenso demais, e a pessoa não consegue manter o tempo suficiente para o emagrecimento. Nesse casos, a caminhada é mais indicada.

Também em obesos e pessoas com problemas no aparelho locomotor, a corrida pode ser contraindicada por causa do impacto, sendo a caminhada uma boa opção (dentre outras).

7 – Os exercícios aeróbios são melhores pra perder gordura que os exercícios anaeróbios (como a musculação)

Parcialmente verdade. Os exercícios aeróbios são muito importantes para a saúde cardiovascular e, especialmente nos dois primeiros meses, muito eficientes para e perda de peso.

Mas, como mostra o professor Paulo Gentil, do Grupo de Estudos Avançados em Saúde e Exercícios (Gease), em seu livro “Emagrecimento: quebrando mitos e mudando paradigmas”, os exercícios anaeróbios intervalados (como por exemplo alternar 1 minuto de corrida na maior intensidade possível e 1 minuto de caminhada para descanso) se mostraram mais eficientes que os aeróbios em períodos superiores a dois meses. Mesmo nos dois primeiros meses, os exercícios intervalados apresentaram resultados semelhantes aos aeróbios, mas com menor perda de massa muscular.

É importante não confundir perda de peso absoluto e emagrecimento. A perda de massa muscular diminui o peso, mas também diminui o metabolismo, podendo aumentar a tendência a engordar. A manutenção da massa magra é importante para a saúde do indivíduo (como massa magra entendemos tudo que não é gordura, em especial estamos falando de ossos e músculos que são pesados e podem causar diferenças significativas na balança).

Os exercícios resistidos (como os de musculação) normalmente não são tão eficientes para a perda de peso quanto os aeróbios e os intervalados. Mas o Mancini explica que, quando se aumenta a massa muscular com os exercícios de resistência, o corpo passa a queimar mais calorias (os músculos utilizam muita energia para se manter). Portanto, os dois são importantes.

8 – Beber chope e cerveja aumentam a barriga

Mito. Chope e cerveja têm calorias. Segundo o personal trainer Beto Fernandes, cada grama de álcool tem aproximadamente 7 calorias, e um copo de 300 ml de chope tem algo em torno de 120 calorias. Logo, a bebida ingerida em excesso engorda.

Mas, como explica Mancini, o indivíduo engorda nas regiões em que é predisposto geneticamente.

Vale lembrar que os petiscos que acompanham a cerveja também participam desse aumento de consumo calórico.

9 – Usar cintas compressoras de abdômen ajudam a perder barriga

Mito. A cinta causa uma compressão local temporária, pode ser a solução para aquela festa onde você precisa estar com a aparência perfeita, mas a longo prazo é preciso se esforçar, cuidando da alimentação e fazendo exercícios. Não há milagres. Mancini diz que com a cinta você só perde barriga na silhueta.

Além disso, o uso constante dessas cintas pode causar falta de força na musculatura postural, que acostuma com o suporte extra. O ideal é tentar se policiar para manter a postura e a barriga para dentro, fortalecendo os músculos do abdômen que sustentam a barriga, ajudando a diminuir o volume.

10 – Fazer longos períodos de jejum ajudam a emagrecer e perder barriga

Parcialmente verdade. O jejum emagrece, os os quilos voltam rapidamente assim que a pessoa volta a comer, como explica Mancini. Além disso, o jejum prolongado pode oferecer risco de vida.

11 – Fazer exercício em jejum potencializa a perda de gordura

Parcialmente verdade. Não há ainda comprovações sobre a eficiência dos exercícios feitos em jejum. Algumas pessoas parecem não se adaptar, apresentando até mesmo desmaios (o corpo induz o desmaio devido a falta de energia disponível) e algumas pessoas apresentam menor desempenho no exercício, pois o corpo diminui o metabolismo.

Já outros se adaptam bem a esse tipo de treino. Existem pesquisas que demonstram que em jejum a mobilização de gordura para a atividade é maior, mas esse efeito é muito pequeno. Segundo o professor Paulo Gentil, uma forma de explicar por que algumas pessoas conseguem emagrecer se exercitando em jejum é a redução da ingestão calórica diária, pois a pessoa precisa se programar para passar de 8 a 12 horas sem comer, além disso, é necessária força de vontade e disciplina, que podem ajudar na dieta e treinos.

Para Mancini, o sacrifício não vale à pena: há risco de mal estar, tontura, hipoglicemia.

12 – Fazer exercício com muitas roupas para manter o calor ajuda a emagrecer

Mito. Mancini explica que simplesmente suar não emagrece. O mesmo vale para a sauna. Com o suor você perde água, por isso muitas vezes observamos efeito na balança logo depois do exercício, mas você terá que repor posteriormente essa água perdida.

13 – Exercícios abdominais diminuem a gordura da barriga

Mito. Fernandes explica que, se a barriga proeminente for fruto de flacidez, o exercício abdominal faz o músculo voltar à posição anatômica normal e o volume diminui. Agora, se a barriga for causada por excesso de gordura, o abdominal não vai adiantar. O gasto calórico nos exercícios abdominais é pequeno, por isso não exerce grande influência no emagrecimento.

Como resume Mancini, exercícios abdominais fortalecem os músculos. Já os exercícios aeróbicos diminuem a barriga.

Fontes: Beto Fernandes, personal trainer; Marcio Mancini, médico do Hospital das Clínicas de SP e presidente do departamento da obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem); e Paulo Gentil, presidente do Grupo de Estudos Avançados em Saúde e Exercícios (Gease) e autor do livro “Emagrecimento: quebrando mitos e mudando paradigmas”

Fonte: Gmaravilhosas